4 benefícios da transformação digital para o CSC

4 benefícios da transformação digital para o CSC

mar. 26-2021

Por Midas

Tags:

O Centro de Serviços Compartilhados (CSC) é um departamento que centraliza diversos serviços de uma empresa, auxiliando nos ganhos em produtividade.

Os CSCs são essenciais para empresas com alto fluxo de documentos e dados. Mas sabemos que ela é uma área essencialmente manual, o que levanta problemas como:

  • Acúmulo de tarefas
  • Erros de digitação e digitalização 
  • Falta de escalabilidade
  • Fraudes
  • Insatisfação de clientes

E é aí que a transformação digital entra nesse projeto: como potencializadora de desempenhos e melhorando resultados.

Para saber como ela ajuda você a maximizar a produtividade do seu Centro de Serviços Compartilhados, continue lendo o blog de hoje!

Leia também: 5 benefícios da automação de processos fiscais

CSC + RPA = automação e padronização

Você já ouviu falar em RPA (Robotic Process Automation)? 

A RPA tem como função principal automatizar tarefas repetitivas integrando robôs ou softwares a diferentes processos do negócio, o que reduz sensivelmente o índice de erros e assegura a precisão dos processos. 

Ela é ainda mais importante quando observamos que cerca de 70% a 80% dos processos empresariais que são pouco flexíveis, ou seja, não-padronizados, podem ser automatizados.

E essa automação através da RPA leva a uma economia de até 80% nos custos relacionados a alguns desses processos.

Ainda é possível combinar com a RPA a Inteligência Artificial, que consegue automatizar até as atividades mais complexas.

E um dos setores que mais pode se beneficiar com o RPA e a automação de processos é justamente o do CSC (Centro de Serviços Compartilhados).

Porém, uma pesquisa da consultoria McKinsey apontou que a maioria das empresas do setor ainda não está muito presente digitalmente.

A mesma pesquisa informou que menos de ¼ dos CSC começaram a incorporar a automação e análise de dados aos seus processos.

Falando nisso, a automação tem como benefício uma melhor interação com clientes e parceiros, o que possibilita a realocação de profissionais para gerenciar atividades essenciais à oferta de experiências digitais mais satisfatórias aos clientes.

Inclusive, os CSC podem ter 40% dos seus processos automatizados, levando a um aumento de 13% de produtividade e sem adicionar custos a empresa.

4 benefícios de um Centro de Serviços Compartilhados automatizado

A junção da tecnologia com CSC gera um aumento significativo na produtividade, agilidade e eficiência, além de uma grande redução de custos para a empresa.

Com isso, o seu negócio consegue alcançar objetivos com mais velocidade e qualidade.

A automação nos Centros de Serviços Compartilhados, que é cada vez mais essencial para a sustentabilidade do negócio, gera benefícios como:

  • Redução de custos
  • Ganho de agilidade nos processos
  • Melhora da qualidade
  • Redução do “cycle time”
  • Ganho de compliance

Veja em mais detalhes como esses benefícios podem alavancar a performance do seu CSC:

 

  • Redução de Custos

 

A automação de processos integrada a outros sistemas resulta em um ganho de performance em relação a realização de operações rotineiras. O que quer dizer que além de consumir menos dos seus funcionários, que podem se dedicar a tarefas mais estratégicas, você economiza evitando erros que não acontecem quando o processo é feito por um software. Além disso, possibilita a divisão proporcional dos custos, ou seja, um parceiro que consome mais da área da tecnologia da sua empresa, deve ser responsável por um valor maior do que o parceiro que consome menos.

 

  • Facilidade na comunicação

 

A centralização que a automação oferece, combinada às características do CSC permitem uma comunicação mais fluida entre os colaboradores da equipe, além de ser mais segura e rápida. Quando o usuário tem uma demanda, ele cria uma solicitação por meio de um atendente presencial ou automatizado através de um software com essa finalidade. 

 

  • Personalização de serviços

 

Quando você começa a tratar um processo como um serviço, é possível personalizar o valor que será entregue ao cliente evitando ele receba mais ou menos do que precisa. 

 

  • Qualidade e amplitude

 

A padronização de processos diminui os riscos, já que é possível garantir que as políticas de segurança sejam seguidas por todos os parceiros. Além disso, com um processo mais seguro, também é possível garantir maior precisão nas informações usadas para tomadas de decisão. Isso permite que as equipes façam mais e melhor em menos tempo.

Outras tendências para o futuro dos CSCs

Um estudo da SSON (Shared Services & Outsourcing Network) mostra que as empresas estão investindo mais nos Centros de Excelência.

Eles são focados em Change Management, Data Management, Automação e Melhorias de processo, o que mostra que os CSCs em breve deixarão de ser apenas máquinas de processamento eficiente.

É aqui que começamos sobre como saber organizar dados e extrair informações pode gerar vantagens competitivas para as organizações.

Alguns exemplos disso podem ser vistos por meio da área de recursos humanos, com acompanhamento de metas e produtividade.

Ou até mesmo pela gestão de facilities, como gestão de equipes de campo e de incidentes. Os processos de supply chain também são excelentes candidatos para otimizações, desde o pedido até a efetivação do pagamento. 

E essa combinação ajuda a trazer mais transparência, ampliação de controle e redução de riscos e custos.

E se você também pudesse aumentar a produtividade do seu CSC?

A Governança de Cadastros da Midas é uma solução que permite que sua empresa inclua, altere, bloqueie e avalie de forma reativa ou proativa se seus fornecedores estão aptos a oferecer produtos e/ou serviços de forma adequada!

Todo o processo de verificar se seus parceiros estão dentro dos requisitos exigidos, que seria feito manualmente, agora pode ser automatizado pelo software.

Que analisa se eles estão em conformidade com as regras de contratação, da anticorrupção, integridade corporativa, meio ambiente, direitos humanos e segurança do trabalho.

Ou seja, tudo o que seu CSC fazia, mas de forma automatizada, gerando mais agilidade e segurança.

Quando sua empresa recebe uma solicitação de cadastro, a Governança realiza: 

  • Um pré-cadastro no Portal Web
  • Solicitação de fichas por cenários de negócio
  • Consultas em fontes nacionais e internacionais para verificar as informações
  • Saneamento do cadastro
  • Um padrão de preenchimento criado de acordo com suas necessidades
  • As áreas normativas avaliam se o cadastro pode ser integrado ao ERP
  • Por fim, a integração ao ERP

Gostou dessa prévia e quer saber com mais detalhes como a solução funciona? Fale com a gente!

E se você gostou do nosso conteúdo, compartilhe com os colegas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *